Rosa – a flor que cura e confere longevidade

rosas-lindas

A rainha das flores – a flor mais famosa em todo o mundo – também chamada a rainha do coração, teve sua origem no norte da Pérsia (atual Irã), de onde foi introduzida para a Turquia, Grécia e Itália, em seguida para o resto da Europa e, finalmente, espalhando-se de forma natural e crescente para os demais países do mundo.

Em sua profunda generosidade, a Rosa encanta a todos nós, com sua beleza, paixão e o amor; é também considerada como símbolo maior de Maria, mãe de Jesus, a mãe Compassiva e Amorosa.

No reino da Aromaterapia é a Grande Dama – seu precioso óleo essencial possui rara fragância, seu poder de ação atrai a todos, quase que sem exceção. Sua delicada e profunda fragrância toca profundamente as almas das pessoas, com o propósito de cura para todos os níveis.

Por se tratar de uma das flores mais delicada da natureza, o processo de extração de seu óleo essencial deve ser efetuado com muito carinho, cuidado e profissionalismo – qualquer desatenção durante o processo de destilação, pode prejudicar toda uma produção.

Sua colheita ocorre de forma quase que ritualística – suas flores devem ser colhidas nas primeiras horas do dia, mais precisamente entre 5 e 10 horas da manhã, justamente quando as rosas estão no estágio de produção máxima de suas mais preciosa substância, o seu óleo essencial; sabe-se ainda que a colheita é feita quase que exclusivamente por mulheres, em muitos lugares, onde se cultivam a rosa para extração do óleo essencial.

A rosa é atualmente cultivada em maior escala no interior da Bulgária, em local chamado Vale das Rosas, em Kazanlak – foi introduzida nesse país no século XVI, trazida da Turquia. Hoje, sabe-se que o melhor e mais valioso óleo de rosas, vem deste país, seguido pela França, Turquia e Índia.

Para se obter 1 kg de óleo essencial de rosas são necessárias aproximadamente quatro toneladas de rosas, ou seja, 60 mil unidades de rosas para serem extraídos 28 gramas do óleo – mais precisamente, são necessárias 30 rosas para se extrair uma gota do mais precioso óleo essencial do mundo.

bulgarianrose

Cada gota deste óleo essencial vale ouro, pois contém 40 quinquilhões de moléculas aromáticas, as quais são providas de poderosas propriedades terapêuticas; já se tem confirmado por pesquisadores, até o presente momento, da existência de mais de 300 componentes químicos contidos neste óleo de rara preciosidade. Segundo Dr. Gary Young, o óleo essencial de rosas possui a mais alta vibração de frequência energética, aproximadamente 320 MKz, isto promove o aumento de frequência de todas as células, trazendo o equilíbrio e harmonia para o corpo e o espírito.

Principais atuações terapêuticas do versátil e raro óleo essencial de rosas:

Sua ação terapêutica é extremamente extensa – é um poderoso óleo para ser usado como antidepressivo, anti-inflamatório, anti-séptico, antiviral, bactericida, cicatrizante, depurativo (purificador do sangue), desintoxicante hepático, laxante médio, emenagogo (agente que promove e/ou regula o fluxo menstrual), sedativo para o sistema nervoso, regenerador celular geral, tônico cardíaco, hepático, uterino e do sistema imunológico, fortalece e melhora as atividades dos órgãos e sistemas mencionados.

Sua extensão de uso é muito ampla, trata-se de um dos óleos mais versáteis para o trabalho terapêutico – não fosse pelo seu elevado valor financeiro, poderia com toda a certeza, ser usado como “cura tudo”.  Suas indicações medicinais estendem-se para muito além dos cuidados com o corpo físico. Tem ação potente principalmente nos níveis mental e emocional, também confere valiosa ação no campo sútil da existência humana – o plano espiritual.

Oferece grande suporte para o trabalho de despertar e desabrochar da Identidade Universal; liberta a ação divina que se manifesta através de atitudes gentis, gestos nobres e ações amorosas. No corpo físico, promove muitas curas, a começar pelo sistema nervoso, onde atua como um maravilhoso tônico, regenerador das atividades dos nervos. Age minimizando a existência prolongada de estresse emocional e mental. O estresse prolongado pode acionar a manifestação de diferentes sintomas como: a depressão e/ou ansiedade, a apatia, a fadiga ou uma profunda sensação de cansaço geral, inclusive irritação e insônia. Obviamente, o corpo somatiza a manifestação de algum tipo de doença, sendo o local de última instância para a manifestação de sofrimentos em outros níveis, aos quais as pessoas estão envolvidas.

As ocorrências e sofrimentos físicos que se beneficiam deste abrangente óleo essencial são incontáveis. Sua extensa ação terapêutica no nível físico abrange os cuidados com a pele e suas doenças, como inflamações variadas, psoríase, eczema crônico, furúnculos, abscessos, pele ressecada, desidratada, craquelada até o desenvolvimento precose do envelhecimento da pele, com a ocorrência de rugas.

Potente depurativo e desintoxicante no reino da Aromaterapia, trata-se de um verdadeiro e amoroso faxineiro de detritos e toxinas provenientes de todas as partes do corpo, muito útil para promover a remoção e a expulsão de substâncias velhas, inúteis e que se tornaram fontes de condições prejudiciais crônicas.

Promove limpeza sanguínea, linfática, renal, estomacal, pulmonar, intestinal e cutânea – seu aroma jamais será agradável, para o sentido olfativo daqueles que apresentam corpo físico, mental, emocional e espiritual contaminados por substâncias tóxicas de qualquer qualidade, ou ainda, para os que apresentam uma personalidade muito ácida

Rose valley4

Indivíduos que tem por hábito ingerir alimentos geradores de toxinas, como carne vermelha, suína, alimentos gordurosos, frituras, açucares, refrigerantes, embutidos, enlatados, refinados, cafeína e álcool, certamente sofrerão certa rejeição a este aroma, que não será agradável, poderá causar a desconfortável sensação de enjôo. Para os consumidores de drogas pesadas, o efeito do aroma pode ser até repulsivo.

A rosa não tem nenhuma ressonância com nenhuma destas substâncias geradoras de doenças e dependências – sua presença e eventuais consequências de enjôos ou repulsa sinalizam, por meio de seu aroma, que algo não esta bem internamente.

De predominante ação terapêutica no sistema circulatório e cardíaco, atua como agente controlador da pressão sanguínea e dos batimentos cardíacos. Refresca as fortes emoções que fervem e agitam eventualmente o sangue, causando turbulência e desequilíbrio na pressão arterial. Elimina emoções lascivas, promovendo o resgate do controle e da calma emocional.

Seu aroma está repleto de originalidade, riqueza, doçura, delicadeza e gentileza. De fragrância inconfundível, este aroma repleto de personalidade amorosa, tem influência direta no coração, contém propriedades poderosas capazes de adentrar o coração mais frio e derreter o gelo nele contido.

É utilizado como um maravilhoso antídoto, neutralizador e transformador de emoções destrutivas como: raiva, ressentimento, ódio, fúria, mágoa, vingança e muitos outros tão nocivos quanto estes causadores de danos irreparáveis ao coração.

Tem ação de longo alcance na psique humana – sua essência está repleta de uma generosa quantidade de compaixão e bondade, para promover a cura de feridas emocionais, com delicadeza e assertividade. Trata males emocionais gerados ainda na infância, por abandono, rejeição, perdas, maus tratos – físicos e psicológicos – fontes geradoras de grande sofrimento, prejudiciais à capacidade individual de praticar amorosidade incondicional.

Nutre de afeto divino o coração ferido, magoado, que cresceu possivelmente em um ambiente frio e desprovido de amor nutridor. Promove a restauração da confiança, que estimula a capacidade de expressar amor, sem medo de ser ferido ou magoado.

Em períodos de sofrimento e dor, é indicado seu uso para proporcionar amor caloroso e confortante; concede conforto interno e eleva as atividades amorosas do espírito doador.

Todos os níveis da existência humana recebem benefícios incontáveis, ao se fazer usos desta preciosidade que a Natureza, em sua grande generosidade e bondade, ofertou para nós, Seres Humanos.

?????????????????????

Vera Lucia Guedes Monari

Extraído do Informativo Mona’s Flower 2008

Referência adicional: Essential Oils – Integrative Medical Guide Dr. Gary Young – ESP Essential Science Publishing.

Nota de esclarecimento: A ingestão dos óleos essenciais não é reconhecida no Brasil como fazendo parte dos medicamentos oficiais. O uso interno de alguns óleos essenciais, deve ser somente indicado por profissional autorizado e competente.

Anúncios