A vida moderna, o estresse e a medicina complementar

gotas oleos

Hans Seyle, endocrinologista canadense, foi o pioneiro em pesquisar as respostas e efeitos do estresse no corpo. Suas pesquisas foram reveladas para o público em 1990, pelo livro “The Stress of Live”, onde enfatiza que o que realmente é relevante na administração do estresse é a habilidade que o indivíduo tem de gerenciar e administrar as reações frente aos fatores estressantes, que podem se apresentar como ameaças ou exigentes desafios na vida cotidiana.

O que realmente tem importância não é o que acontece, mas sim, como o indivíduo reage e administra a questão ou situação considerada estressante.

A Medicina Complementar, que faz uso dos óleos essenciais tem muito a colaborar com a administração e controle do estresse, ajudando o indivíduo a se manter equilibrado e em harmonia interior.

O uso dos óleos essenciais visa oferecer apoio e manutenção para uma qualidade de vida desejável e saudável, em todos os níveis, concentra suas ações e seus esforços em ajudar o corpo a se manter em equilíbrio e em alta frequência vibratória de energia, para combater e eliminar tudo que seja contrário à “vida”.

Para se estabelecer um tratamento através da Medicina Complementar, que se baseia em tratar o indivíduo como um todo, um dos fatores muito importante, para o bem sucedido tratamento e gerenciamento do estresse está – em primeiro lugar – no reconhecimento do fator estressante.

Os fatores estressante podem ter suas fontes em várias situações:

  •  Ambiental – o que compreende as atividades diárias e como o indivíduo reage a tudo que o cerca em seu ambiente cotidiano (profissional, familiar e social).
  • Emocional – o que pode estar sendo gerado por conflitos de relacionamentos entre pais e filhos, alunos e professores, chefes e empregados, colegas de trabalho, maridos e esposas ou relacionamentos entre namorados.
  • Químico – o estresse ocorre quando o corpo recebe contínua ingestão de substâncias nocivas à sua saúde: poluição, alimentos poucos saudáveis como produtos refinados e ácidos, chocolate, fast food, café, álcool e fumo.

Uma vez detectado o fator estressante, torna-se mais facil direcionar um tratamento que traga benefícios curativos ao indivíduo, seja estimulando ou relaxando o sistema, promovendo desintoxicação e limpeza do organismo como um todo e ou oferecendo ajuda no processo de cura das condições já manifestadas, colaborando assim com a manutenção da saúde, da energia e da força vital.

homepage_logo

Aqui são mencionados alguns dos óleos que podem ser de grande ajuda no tratamento e gerenciamento do estresse:

Lavanda: o anti-estresse da natureza,  renomado relaxante dos nervos, tranquiliza a mente agitada e preocupada, principalmente à noite, quando se faz necessário uma boa noite de sono, para que o corpo se recomponha dos desgastes energéticos das atividades diárias.

Camomila Romana: renomada por seus efeitos relaxante muscular e calmante das emoções exaltadas e agitadas; exelente para ser usada no banho da noite, relaxa toda a musculatura e proporciona paz e serenidade. Valioso para aliviar espasmos na musculatura do aparelho digestivo.

Gerânio: tem ação poderosa no sistema endócrino, relaxa e minimiza as atividades das supra-renais no final do dia, oferecendo tranquilidade e criando paz interior.

Manjericão: renomado antiestressante, analgésico, ele atua principalmente na musculatura, aliviando dores e tensões nos nervos. Tônico geral para o corpo.

Tomilho: repositor e mantenedor da saúde, regenerador do sistema imunológico – em condições de estresse crônico as defesas imunológicas se desgastam e se debilitam, deixando assim o corpo desprovido de proteção e aberto aos invasores oportunistas (vírus, bactérias e fungos).

Alecrim: ativa a fonte de força e energia, estimula e anima o corpo desvitalizado e desgastado pela ação contínua do estresse. Limpa e desintoxica o sangue, que pode estar contaminado de toxinas, deixando o indivíduo lento, memória fraca, com déficit de atenção e enfraquecimento dos sistemas do corpo.

Ylang ylang: “o zelador do coração”, este óleo é particularmente indicado para os “extremamente estressados”, que podem desenvolver sérios problemas cardíacos, inclusive infarto do miocárdio e o derrame cerebral. Este óleo redireciona as energias do coração, oferecendo calma e tranquilidade, indicado especialmente para o padrão mais hostil e irritado com os acontecimentos da vida diária.

Todos os óleos essenciais são providos de energia da Natureza, que inseriu generosamente seu poder curativo nestas plantas e através delas proporciona suas propriedades terapêuticas graciosamente, para ajudar o Ser Humano a ter equilíbrio e harmonia interior e assim poder desfrutar da vida, expressando saúde e vitalidade.

Modo de uso dos óleos essenciais – através de óleos para massagem, sabonetes líquidos neutros, shampoos, loção branca neutra para o corpo, cremes base para aromaterapia e em difusores.

Texto editado de: Vera Lucia Guedes Monari

Extraído do Informativo Mona’s Flower 2007

Nota de esclarecimento: A ingestão dos óleos essenciais não é reconhecida no Brasil como fazendo parte dos medicamentos oficiais. O uso interno de alguns óleos essenciais, deve ser somente indicado por profissional autorizado e competente.

Anúncios